Construa uma loja online de sucesso com essas dicas privilegiadas

A internet revolucionou o mundo que conhecemos. Democratizou o conhecimento, mudou a forma como nos comunicamos, bem como a educação, o trabalho e, claro, o comércio.

A mudança já dura muitos anos e a web tem melhorado muito desde sua criação, principalmente nas duas últimas décadas do século 20 e nas duas primeiras décadas do século 21.

No entanto, a pandemia ajudou a acelerar muitos processos que foram planejados nos próximos 5 anos, como 5G ou telemedicina.

O comércio é um dos setores que teve que migrar para a web devido à quarentena. Muitas lojas e empresas que não tinham uma presença online tiveram que se repensar para sobreviver à crise de saúde que estamos enfrentando devido à Covid-19.

As compras online aumentaram devido ao distanciamento social em diversos segmentos. As pessoas fizeram compras para casa como porta balcão, desde compras também de supermercado. 

Assim, agora mais do que nunca é a hora de pensar em como chegar até o cliente pela web. Estas são 8 etapas para criar uma loja online.

Análise circundante

Embora para criar um e-commerce não seja necessário ser engenheiro de sistemas ou profissional de tecnologia, é importante que você faça um plano de negócios, como em qualquer projeto profissional.

A primeira coisa é fazer uma boa análise do ambiente que permita conhecer cada fator que pode afetar o seu negócio.

A análise do ambiente é externa e interna. Na primeira, a competição é investigada e analisada. Como eles estão presentes online? Você tem redes sociais? Como eles vendem?

Além disso, na análise externa todos os aspectos jurídicos de uma loja online devem ser avaliados.

Na análise interna, a situação da empresa deve ser avaliada. Caso você já seja formado, avalie aspectos como sua situação econômico-financeira, fazendo um orçamento para seu projeto online.

No caso de ser um novo empreendimento, além do acima, você deve pensar em um nome marcante para sua marca, sua imagem corporativa, a forma como você vai se comunicar com seus clientes; e tudo o que é necessário para criar uma empresa.

SWOT

As siglas referem-se a Fraquezas, Oportunidades, Pontos Fortes e Ameaças. Seja para a vida pessoal, profissional ou empresarial, a análise SWOT é usada para planejamento de curto, médio e longo prazo.

Esta metodologia é utilizada para fazer um diagnóstico do novo negócio online e vai ajudar a sintetizar as informações recolhidas na análise do ambiente. Depois de concluída, a vantagem competitiva pode ser identificada mais facilmente.

Vantagem competitiva

A competitividade pode determinar o sucesso ou o fracasso de uma empresa, pois em um mercado, para uma ideia de negócio sobreviver, ela deve ter um fator que a diferencia de seus concorrentes, pelo qual o cliente a escolhe.

O primeiro refere-se a ter uma estratégia que permita reduzir custos sem sacrificar a qualidade do produto oferecido. Nesse caso, a empresa consegue ter custos de produção menores do que seus concorrentes, para oferecer o menor preço do mercado.

Diferenciar é possuir características que os produtos concorrentes não possuem, o que permite aumentar o preço de venda, desde que estas características adicionais sejam apreciadas pelos clientes.

Finalmente, a vantagem competitiva da abordagem é baseada na aplicação de uma estratégia de diferenciação para um segmento de mercado mais específico. Por exemplo, se o negócio é comida saudável, o foco pode ser padaria, sobremesas ou produtos veganos.

Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *