O que é um firewall? Qual é a função no e-commerce?

Um firewall é um sistema projetado para impedir o acesso não autorizado de ou para uma rede privada. Você pode implementar um firewall na forma de hardware ou software ou em uma combinação de ambos.

A função desse tipo para um e-commerce pode ser definida como: 

SEO: – A otimização do mecanismo de busca gerar conteúdo relevante exclusivo e isso é muito importante para os negócios.

Selecionando um novo produto: – Vender o que o cliente deseja vender é um erro comum cometido pelos vendedores.

Atendimento ao cliente: – O fator importante é fazer o cliente feliz, oferecendo o melhor serviço ao cliente que o satisfaça.

Monitorando seu Analytics: – Monitore seus relatórios analíticos. Veja o item que está sendo vendido e coloque-o na lista dos principais produtos para que o cliente os encontre mais fácil

Por conta disso, fica bem claro perceber que o melhor firewall utm deve ser escolhido pensando nos seus objetivos e melhora de funcionamento do e-commerce. Entenda mais sobre o firewall:

Firewalls

Os firewalls, utilizando hardware ou software, funcionam ao permitir ou não ao tráfego, com base no que você autorizou. É algo como uma parede. Ele protege seus negócios, impedindo o tráfego não autorizado e, possivelmente, o tráfego malicioso da Internet de acessar sua rede ou sistema. 

Existem vários firewalls diferentes, mas os que você deve considerar para o seu site são gateways de aplicativos e firewalls de proxy.

– Gateways de Aplicação

Um gateway de aplicativo ou gateway de nível de aplicativo (ALG) é um proxy de firewall que fornece segurança de rede. Ele filtra o tráfego do nó de entrada para determinadas especificações, o que significa que apenas os dados de aplicativos de rede transmitidos são filtrados. Esses aplicativos de rede incluem FTP, Telnet, RTSP e BitTorrent.

Esse gateway fica no firewall do cliente e do servidor. Ele oculta endereços IP e outras informações que devem permanecer seguras para o cliente. O gateway de aplicativo e o computador externo funcionam sem informações do cliente ou conhecimento do endereço IP do servidor proxy.

– Firewalls de proxy

Um firewall proxy age como um intermediário entre clientes locais e servidores externos.

Além de monitorar e interceptar solicitações / respostas da Internet, um firewall proxy também analisa o tráfego de entrada para os protocolos da Camada 7: é a camada de aplicativos em que a maioria dos protocolos, incluindo FTP, SMTP, POP, HTTP e DNS, interage entre si.

Um firewall proxy pode usar tecnologias diferentes para reconhecer ataques de entrada.

Os firewalls de proxy são considerados o melhor tipo de firewall, pois podem impedir totalmente o acesso direto da rede a outros sistemas internos. 

Isso ocorre porque um firewall proxy tem seu próprio IP e qualquer tráfego que um servidor externo veria nunca veria o verdadeiro IP de origem na rede desde que foi passado pelo firewall.

A única desvantagem é que ela pode ser lenta devido às conexões extras que estão sendo estabelecidas para cada pacote

Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *